Archive for June, 2011

a little more you and me

14/06/2011

fico lembrando de quando te conheci. do primeiro abraço que me deu, de como tocou no meu cabelo e das exatas palavras com que me elogiou e até das que não foram faladas.  eu amo a sua voz. o seu cheiro. eu amo que, de todos os lugares do mundo, o mais seguro e confortável seja onde termina o seu pescoco e começa o seu ombro. eu te amo quando te tiro do sério. eu te amo quando não te digo nenhuma palavra. te amo quando estamos no meio de gente e amo quando estamos a sós. eu amo os seus olhos. eu amo a sua barba. eu amo a careta que faz cada vez que critica (e como critica!) algo. eu amo você todo dia. e em dias especiais tb. poderia até inventar uma data comemorativa diferente todos os dias, mas é melhor amar você sem razão. amo a expressão no seu rosto enquanto dorme. eu amo dormir com você. eu amo a sua boca. a sua risada. a maneira com que me abraça. você é o abraço após um ano sem se ver.  mais do que casa, você é o lar. simplesmente te amo, sem complicações nem orgulho.

Advertisements

13/06/2011

i don’t care how rough the road is, show me where it starts

13/06/2011

hoje tenho o mundo dentro de mim. com mais sonhos e desejos. todos eles num só coração. meus vícios, minha música, minhas histórias, meus amores, meus textos sem sentido. todos eles aqui, num coração absurdamente grande.  e sigo vivendo nesse novo o mundo. mas de repente, sinto uma coisa no peito. uma crise de choro que não sou capaz de conter, e que não conteria mesmo que pudesse. entendo que não, não é de nervoso ou de tristeza. então desta vez me permito chorar. desta vez é um chorar de felicidade. um chorar porque eu amo. porque te amo. penso que tudo valeu a pena. o que vale mesmo à pena nessa vida são encontros como esses. esses de alma, meio que inexplicáveis, mas certos de que serão encontros que durarão uma vida. a nossa vida. gostaria que soubesse que eu te amo sempre que te vejo. e eu te amo agora, chorando de novo.

I got the fever for the flavour

10/06/2011

 

 

look inside

03/06/2011

a mais bela ponte construída no planeta é a distância entre um olhar e outro.
– Mario Prata

 

will you?

03/06/2011

life comes with music

01/06/2011

01/06/2011