Archive for April, 2011

week(end)

29/04/2011

Advertisements

27/04/2011

more than this

27/04/2011

por quê?
pela maneira como você mudou meus planos. pelo fim do nosso primeiro começo e pelo início do recomeço. pelo fato de você ser algo que eu não escolhi, mas hoje, algo que eu não quero perder. por ser a distração perfeita que acabou se tornando a minha felicidade acidental. a minha felicidade essencial. pois é. você não fazia parte do meu livro, mas agora, se você der uma olhada nele, você é o começo e o fim de cada capítulo. olha com calma lá. vai que você encontra também algo nas entrelinhas… vocé é a melhor coisa que eu nunca soube que precisava. e nunca quero ficar sem.
por isso. tudo isso.

king of the rodeo

21/04/2011

das músicas pouco valorizadas:

ando devagar porque já tive pressa
e levo esse sorriso porque já chorei demais
hoje me sinto mais forte mais feliz, quem sabe
eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei
e nada sei

conhecer as manhas e as manhãs
o sabor das massas e das maçãs
é preciso amor pra poder pulsar
é preciso paz pra poder sorrir
é preciso chuva para florir

penso que cumprir a vida seja simplesmente
compreender a marcha e ir tocando em frente
como um velho boiadeiro levando a boiada
eu vou tocando os dias pela longa estrada, eu sou
estrada eu vou

todo mundo ama um dia, todo mundo chora
um dia a gente chega no outro vai embora
cada um de nós compõe a sua história
e cada ser em si carrega o dom de ser capaz
e ser feliz

– Maria Bethânia/ Almir Sater
(tocando em frente)

the way you make me feel

20/04/2011

enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. e mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz. a vontade de estar com o outro é maior do que os outros. então, imaginam os abraços, as conversas, as noites com dores nas costas esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. não poder estar 100% ao lado dele não importa, porque um vai estar toda a vida esperando o outro. e todo o dia, no final do dia, no momento certo, eles se reencontram e relembram que nada, nada é por acaso.

one sweet world

17/04/2011

the space between

12/04/2011

acordei com saudade de você. não que não tenha acordado com esse sentimento tão nosso nos últimos dias tb, mas hoje ela tomou conta de mim. andou comigo o dia todo, me cutucando de vez em quando. “oi, to aqui”. ainda que seja uma hora, um dia, uma semana, o fato é, hoje sou toda saudade. saudade de você. do que sou com você. a sua escova de dente ali na pia tá me fazendo falta. seu sorriso grande, ou aquele tímido, do fim do dia. sua mão, segurando a minha sem razão. só para sentir o toque e o calor fervente. os tênis largados pela casa. é. a casa tá muito calma. tá tudo muito organizado. e não tem Coca. acredita? dormi do seu lado da cama hj, que era para ver se me sentia mais perto de você.  o pertencer precisa da intersecção entre dois conjuntos para existir…

vou acordar no domingo como se fosse um dia de festa. e vai ter coca e outras cositas más.

12/04/2011

blowin’ in the wind

12/04/2011

o único mundo em que você pode navegar é o de suas emoções.

once more with the feeling

10/04/2011