Archive for the ‘foto’ Category

08/05/2015

Advertisements

17/05/2012

09/02/2012

here’s a message from my old coat pocket

18/11/2011

muitas mulheres me habitam. uma mulher que tem seu corpo jovem animado por um espírito velho e nobre, com conhecimentos latentes. uma mulher que delira e realiza seus prazeres, mas que conhece intimamente toda tristeza e toda alegria de saber-se mulher. a criança que me alegra os dias e que arranca de mim os risos mais desarmados e maravilhosos. que é a mesma menina de rara inteligência e sensibilidade, com quem passo horas a conversar sobre música e outras delicadezas. e aquela moça romântica que me devolveu o sentido perdido de sonhar. muitas em uma só, em mim.

einstein hair

19/10/2011

quando eu era pequena, eu costumava soprá-las torcendo para os meus desejos voarem com eles. pra mim, isso significava que eles se realizariam. depois que cresci descobri que em alguns lugares do brasil, dente de leão é conhecida por “esperança” e que existe o costume de abrir as janelas pra deixar a esperança entrar na casa trazida pelo vento da tarde. perfeito, né?

birds on the wires

05/01/2011

abre as asas sobre nós…

lovely girl

29/11/2010

doce garota sempre com brilho de menta ou cereja nos lábios, doce garota errando ou acertando, sorrindo ou chorando. de sapatilha ou salto alto. mesmo quando tenta ser má ainda é uma doce garota. que ainda chora quando algo dá errado, que tem vontade de abraçar seus pais quando eles dizem que te amam, que sente vontade de dormir o dia todo quando chove lá fora e que sente uma saudade louca de quando era criança. não adianta. vc não é mais criança. mas vc é doce. olha direito… atrás do olhos com lápis pretos, da unhas pintadas de cores escuras e do perfume de mulher. você ainda é doce. e não adianta. mesmo quando tenta ser quem você não é. você não consegue ser má. afinal, garotas nasceram para ser doces mesmo quando gritam, mesmo quando tentam não ser doces. você sabe. você não é mais a menininha do papai.  mas quando acorda no outro dia após cometer mais um erro, você ainda chora, sua cabeça ainda dói e você ainda quer voltar no tempo. ainda quer corrigir seus erros. mas não se lamente garotinha… você não pode voltar no tempo mas pode fazer diferente. então sorria e seja você.  você vai conseguir voltar a ser o que você sempre foi. uma doce garota.

there is a light that never goes out

10/11/2010

from this moment on

18/10/2010

certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora.
– Vinicius

salt sweet sugar

04/10/2010

suave…
para dar o ponto final e abrir um novo parágrafo para apresentar o que virá em seguida. para que as vírgulas imendem sutilmente as ideias. para que o piscar seja um breve respiro que aprofunde a visão e não que a confunda.
para que a luz revele os contornos e cores sem ofuscar. para deixar a marola lamber os pés tão leve quanto o sol irá aquecê-los. para ouvir sem interpretar, mas receber o outro apenas, percebendo a diferença sem fazer oposição.
suave para manter. para seguir sem rasgar. suave para erguer a cabeça, enfrentar e estar presente.
suave antes, quando o caminho ficou tortuoso demais e mostrou a beira da estrada.
suave agora, para seguir pela beira, deixando as pernas fortes e preparadas para chegar às curvas e percêbe-las e saber pisá-las… suavemente