Archive for the ‘amor’ Category

new state of mind

08/10/2013

parece mágica. quando fiquei grávida, eu sabia que as coisas não seriam mais as mesmas, mas nunca imaginei o quanto EU e VC não seríamos mais os mesmos. “positivo” e bam! tudo mudou. uma ultrassonografia em que dava para ver uma vida dentro de mim, o coração apressado, uma barriga cada vez maior. de repente tudo ganha uma nova perspectiva. eu descobri um amor maior que eu e você juntos. mas não é isso. é maior que nós dois porque foi gerado daquilo que realmente nos faz únicos. nós dois saindo pelo mundo a fora eternizando nosso amor. não, não é mágica. é a vida. e vai dar tudo certo.

2ea05286c6836421cf4508908c394132

Advertisements

a little dream

18/06/2013

muita gente acha que a primeira vez que você ouve uma música pode ser decisiva pra você gostar dela. Mas viu, pára e pensa: não. na verdade, determinante é o momento em que você atribui um significado a ela, seja uma música, um lugar, uma pessoa ou tudo junto num acontecimento . Há dois anos essa música ganhou importância na minha vida. hoje ela significa algo real pra mim, e envolve sentimentos bons e situações gostosas. envolve amor, carinho e confiança. hoje gosto dela do começo ao fim da letra, nas diferentes versões que conheço.

e hoje ela ganha um novo significado. um olhar para o futuro e uma nova história que acaba de começar. de estado de graça. e de amor eterno.

serendipity

15/04/2013

hoje você foi o meu assunto do dia para ele. falei que você fazia a barba quando ia me encontrar, e que quando eu disse que eu adorava você com barba, você de repente parou de fazer. e nunca mais fez de novo. eu disse que o seu cabelo era mais escuro e que acho que um dia você vai ficar todo grisalho e vai ser o grisalho mais bonito da cidade. disse que a gente brigou bastante, mas que bastou uma madrugada definitiva em que os dois ficaram acordados, cada um na sua casa, para resolvermos ficar juntos e olhar para outra direção. falei do dia anterior ao casamento, quando entramos na agua gelada de Junho e o mar nos deu a benção de Iemanja.
falei desse jeito que você olha pra baixo quando sorri sem graça e também que você fica bravo e ansioso quando não sabe o que dizer. eu disse que gosto quando você me dá a mão e não apenas a segura, mas intercala os seus dedos entre os meus e sinto como se nossas mãos estivessem travadas por esses ossinhos que ficam no meio dos dedos e então nunca mais fossem se soltar. eu disse também que você acorda com os olhos adoravelmente inchados e por esse motivo eu gostaria de te ver acordar todo dia. mas é mentira minha, não é só por esse motivo, é por muitos tantos outros. eu disse que você não quer chegar perto de mim depois do basquete porque acha que está todo suado, mas que isso é uma bobeira porque eu gosto de todos os seus cheiros, porque, eles são seus. e, porque se são seus, são meus também.
eu contei que queria morar no seu abraço, porque quando você me abraça, a minha cabeça tem um encaixe perfeito em você. eu contei que, quando você chega, o meu dia se enche de luz solar (a minha preferida) e a minha noite, de estrelas. e que tudo com você é melhor, as vezes mais fértil e colorido, as vezes mais complicado, mas que você me faz acreditar em destino, em sonhos, em futuro.
e que, se toda pessoa tem um lugar no mundo, você é o meu lugar.
e que você estará sempre por perto de mim e dele.
Tenho certeza de que ele sorriu.a1738a6c97f5e5c826ca08556e6b398c

let yourself go

25/02/2013

sonhei com você. te enxerguei ali, com a cara de sono mais linda do mundo. e antes que você pudesse dizer qualquer coisa, qualquer reclamação besta tão sua, sobre a minha necessidade de organização, ou de atenção, eu te pedia em um tom muito sério para você imitar alguém. vc era péssimo nisso. Mas nesta hora, todos os músculos do meu rosto fizeram aquela cara de criança só pra você rir mais lindo ainda da minha seriedade avoada. é gostosa a sensação de se sentir à vontade, de poder ser quem se é e ainda assim agradar. assim como a tranqüilidade de não se preocupar com algumas coisas, ser espontâneo sem ter que justificar o motivo de estar feliz ou triste. mesmo que aconteça naturalmente, é uma surpresa quando você percebe que a intimidade chegou. uma relação que começa no cheiro, no gosto, na forma de andar, no olhar. no amar.

tumblr_megv9giH8e1qz4d4bo1_500

give birth to a smile

10/08/2012

primeiro veio o tronco, depois vieram as folhas, muitas folhas! um balé delas, que de tantas cores, me encantou. e à medida que as folhas foram preenchendo a árvore, preencheram minha alma de satisfação. sensação boa foi ver as pequenas sementes, deixando para o vento a polinização a cada novo dia. e pra mim, a realização de um fazer, ou a resultado dele, tem a ver com um elemento novo na minha história: chama-se “ENTREGA”. há que se ter entrega. entregar-se para uma ideia, depois para o fazer, relacionando-se com ele por completo, presença física e de “espírito”. quando acontece a entrega, ela retorna em vida, colorida e livre. ainda não sei ao certo aonde essa vida habita agora em mim, mas sinto sua pulsação.
quem sabe seja a polinização da árvore, que trará novas vidas. 😉

thinking about you

20/06/2012


pra sonhar.

birds singing in the sycamore tree…

18/04/2012

blown my mind

27/03/2012

se antes de você aparecer eu já te amava, eu já sabia que você existia, como eu posso não te amar agora que você tem forma, sorriso, coração e nome?

😉

given to fly

02/02/2012

26/01/2012