Archive for December, 2013

cute pony tails

05/12/2013

é menina!!! que delicia, vai ser igual a mãe, mas com a coragem do pai. na verdade, vai ser colada no pai, coisa mais fofa, vai parecer um joelho. isso é choro de fome, isso é choro de sono, isso é choro de cocô, choro de menina, igualzinha à mãe… tem que deixar chorar, vocês fazem tudo o que ela quer, vai crescer mimada, aproveita enquanto ela ainda não engatinha,pois quando começa a andar, já viu. daqui a pouco começa a falar, daí não pára mais. parece que ela cresceu, já tá uma menina, quando é que vai pra creche, ela não larga dessa naninha por nada, já sabe escrever o nomezinho, quantos dedos têm aqui, qual é a sua princesa da disney preferida, quem você prefere, o papai ou a mamãe, quem é o seu namoradinho, quem é o seu príncipe preferido. é apaixonada pelo pai, mas ele não vale. cadê o Ken, daqui a pouco vira mocinha, só falta ficar mais alta que eu, finalmente largou a boneca, já tava na hora, soube que virou mocinha, ganhou corpo. ai meu deus, ta fazendo regime. a dieta da sopa, do ovo, do tipo sanguíneo, da água gelada, do chá verde. essa menina é um perigo, vai ter que voltar antes da meia-noite, não sorri pro porteiro, nem pro pedreiro… quem é esse menino, se o seu pai descobrir, ele te mata, esse menino é filho de quem, cuidado que não pode dar confiança para homem porque eles não prestam, hein. homem gosta é de mulher difícil, tem que se dar valor, mas quando é que vão casar, ele tá te enrolando, morar junto já é casar, quando é que vão ter filho, ele tá te enrolando, barriga redonda, deve ser menina, é menina!!

4a0d540364f34c8b2ac72aec977105d4

infinite sky

04/12/2013

sim, a culpa é sempre sua. sempre. culpa sua forçar a me reinventar em cada um dos meus dias. culpa sua não me deixar seguir a tentação fácil, mas sim montar planos de vida mais complexos, como saltar de asa delta a profundezas oceânicas. culpa sua eu me fazer, desfazer e refazer novamente, de acordo com o que imaginei ser uma invenção tamanha, a qual dei o nome de amor. culpa sua eu ter coragem para enfrentar o novo. ter que rever todas as minhas crenças todos os dias. e isso acontece para o bem e para o mal. porque sem dores, quedas, desencontros e pedras no caminho, não existiria a transformação que me fez amadurecer e evoluir ao que sou hoje. melhor. melhor para você e para a nossa futura filha. e porque não, uma “melhor eu”, para mim mesma. a culpa é sua, sim senhor. culpa de me fazer tão feliz.

e por tudo isso, culpa sua que quando penso no futuro, fecho os olhos e ao reabrí-los, você aparece sentado numa cadeira de balanço daquelas que as nossas avós tinham, sorrindo para mim.

ff39ba0020bee2c488b32dae1442a353

6c565034719bb7bc670d3ade07d36aa2