Posts Tagged ‘Pablo Neruda’

midnight in her eyes

21/07/2010

ao subir à noite
no terraço
de um arranha-céu altísimo e aflitivo
pude tocar a abóboda noturna
e em um ato de amor extraordinário
apoderei-me de uma estrela celeste.

Ode a uma estrela
–  Pablo Neruda
Advertisements

you move me

27/04/2010

tu eras também uma pequena folha
que tremia no meu peito.
o vento da vida pôs-te ali.
a princípio não te vi: não soube
que ias comigo,
até que as tuas raízes
atravessaram o meu peito,
se uniram aos fios do meu sangue,
falaram pela minha boca,
floresceram comigo.

– Pablo Neruda

shadow and soul

26/03/2010