a kiss with a fist

a primeira reação é a fuga. bom, na verdade é o medo. aí sim vem a fuga. o não quero. não gosto. não sou assim. o não. o evocar da inquietude, inquilina dos nossos riscos.
aquela época de juventude plena e sem planos já passou. abortei certas convicções, expus cicatrizes e abordei os meus demônios e minhas manias. e foi aí que o parto ocorreu.
agoro cuido de mim com muito mais cuidado, muito mais atenção. com um novo olhar. e com esse olhar, o ser vil passa a servir e a tensão que parecia nunca não passar ganha chances de virar poesia. isso ajuda a harmonizar o movimento. o tom. o som.
eu gosto de chamar tudo isso de “amadurecência”.

Tags: , , , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: