all that we see

o gato latia para o cão, que não parava de miar. o pássaro no aquário batia sem parar no vidro, pois não entendia que não havia horizonte para voar. o filho de peixe, que não sabia nadar, para não se afogar, aprendeu a voar. e voou para lá de lá.

escondendo o reverso…com um pé num mundo e outro, noutro, estava eu. dedilhando um sustenido ou inventando uma nota. aprendendo a viver e a amar.

Tags: ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: