breakdown

na vida real, ele era de poucas palavras.
nunca foi muito bom de se comunicar.
mas ele tinha o seu computador.
entrava naquela máquina diariamente e descobria o mundo.
as palavras que antes lhe faltavam, passaram a voar atraves do seus dedos.
se comunicava com os amigos que havia feito na rede e
passava horas na frente daquilo que lhe abria todas as possibilidades
da sua curta vida pouco vivida.
e isso não podia ser ruim…
contava histórias, postava fotos suas, pensava em frases impactantes.
tudo para garantir a atenção de todos. de qualquer um.
quanto mais respostas, comentários e “likes” recebia,
mais aficionado por aquilo ficava.
sempre havia desejado ter o que essa máquina lhe garantia.
aquilo poderia durar para sempre, pensou.
mas naquele dia, acabou a luz.
no primeiro instante, pensou que logo voltaria e foi até a cozinha pegar um ice tea.
neste ponto, ainda não passava pela sua cabeça que a luz fosse demorar para voltar. ou que, talvez, não voltasse.
foi somente depois de algumas horas que ele percebeu que não haveria mais luz. o mundo, o seu mundo, caiu numa escuridão.
o artificial não funcionava mais…

…ele não saia de casa desde o dia do acontecido. não conseguia falar. um dia, criou coragem para dar o passo para fora da porta da casa.
saiu e de repente sentiu seu corpo paralisar.
não conseguia respirar. não sabia mais como fazer isso: viver.

asfixiando, tentou dar meia volta, mas era muito tarde.
e não havia uma tecla restart ou reset para apertar…

Tags: , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: